MEGA EXPO COMEMORA OS 60 ANOS DA BIENAL DE SP!!!

Inaugura amanhã, 27 de setembro, a exposição “Em Nome Dos Artistas, Arte Contemporânea Norte Americana Na Coleção Astrup Fearnley” (ufa, que nomão!), para comemorar os 60 anos da Bienal de São Paulo, que passa a promover grandes mostras, nos hiatos anuais em que não realiza seu principal evento, como em 2011(Para os que estão chegando, o Blog esclarece: As Bienais de SP são a cada dois anos).

A  super exposição acontece no Pavilhão da Bienal, no Ibirapuera, ocupa 13 mil metros quadrados, custou 5 milhões de reais, reúne 250 obras de 51 artistas, todas provenientes do Museu de Arte Moderna Astrup Fearnley, em Oslo, Noruega. Tem curadoria do próprio diretor do museu Gunnar Kvaran, que fala sobre ela com entusiasmo: “O Pavilhão da Bienal nos dará oportunidade de ver como toda produção artística contemporânea é repleta de nuances e diálogos”.

O precioso acervo, avaliado em mais de U$1.500 milhões, é uma boa maneira do espectador brasileiro conhecer a produção artística norte-americana nos últimos 30 anos (apesar do título, há artistas de outros países), apresentada em diferentes suportes e linguagens, tais como pintura, escultura, fotografia, instalação. Feras da arte contemporânea como Jeff Koons, Richard Prince, Cindy Sherman e Matthew Barney estarão exibindo seus trabalhos, a maioria inéditos no Brasil!

A curadoria enfoca a cultura das celebridades e do consumo, típico da arte contemporânea, que despreza o conteúdo da obra para focar-se na materialidade do mundo. O que estará em jogo, no Ibirapuera,  é a força da forma. Assim Kvaran abre sua mostra com a escultura( ?) “Mother and Child”, do polêmico inglês Damien Hirst, que expõe uma vaca e um bezerro cortados ao meio, guardados numa vitrine e mergulhados em formol: Apresentada a polêmica, caberá ao público tirar suas próprias conclusões!
Temos que dar um pulinho em Sampa e formar a nossa, não acham?

“Em Nome Dos Artistas…” fica de 30 de setembro a 4 de dezembro de 2011,
No Pavilhão da Bienal, Parque do Ibirapuera, SP,
De 3ª a domingo, das 9 às 19 horas (5ª até 22hs),
E tem um circuito educativo paralelo, com visitas guiadas, palestras, cursos de ensinos à distância, etc.
Fiquem com algumas fotos e a “instalação de uma instalação”!
BN

“Mother and Son”, de Damien Hirst, escultura que abre a exposição!
“Fate of Man”, de Damian Hirst

Balão de ar, transformado em escultura po Jeff koons

“Michael Jackson and Bubbles”, de Jeff Koons

“Couple Dots”, de Jeff Koons
Untitled (Cowboys), de Richard Prince

“Aluminium Girl”, de Charles Ray
“Tractor”, de Charles Ray

Untitled (NRA), de Félix González Torres
“Haycation”, de Rachel Hawinson

Untitled Film Still, de Cindy Sherman

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *