Ballet Kirov dança ” O Lago dos cisnes” no RJ

Fui ver no Teatro Municipal, com minhas filhas, o Ballet Kirov dançar “O Lago dos Cisnes”, depois das angustiantes  revelações de Natalie Portman sobre a vida da bailarina. Impressionante como o filme rejuvenesceu e deu nova dimensão ao enredo: Todo mundo esperando o cisne negro! Inclusive eu, que te confesso, fiz dele o ponto alto do meu espetáculo.

Em 1738, a pedido da Imperatriz russa Anna Iannova, o coreógrafo francês Jean-Baptiste Landé funda uma escola de dança destinada aos filhos dos funcionários do palácio real, que evoluiu pra o Ballet do Teatro Mariinsky, vulgo Ballet Kirov. Pra que esta pausa, se voltamos pro mesmo lugar? Porque 273 anos de trabalho árduo e uma escola excepcional de treinamento, que nunca poupou esforços na formação de seus bailarinos, fazem a diferença! E este é o high light do grupo centenário: a leveza, harmonia e precisão de um corpo de baile perfeito, que consegue tornar coletiva, as características individuais, dando pro espectador a sensação de um só bailarino multiplicado!

Odette / Odile foi dançada,  ontem, pela maravilhosa Yekaterina Kondaurova, um pouco alta pra nosso arquétipo de bailarina clássica, mas a sua leveza e a dramaticidade com que incorporou o cisne branco, roubaram as cenas em que ela aparece. Braços lindos e movimentação de corpo perfeito me fizeram achar, no primeiro ato, que um lindo cisne bailava diante de nos! Quanto à nossa mais nova celebridade, o cisne negro foi bem, mas não tão bem quanto o branco. Portman tem razão ao se angustiar quando não consegue  estabelecer o contra ponto!

Por último, e no lugar que merece, acho que Danila Korsuntsev só interpretou o Príncipe Siegfried porque era alto o suficiente pra contracenar com Yekaterina. Pra quem viu Nureyev ou Baryshnikov dança-lo, há um abismo intransponível  entre eles. Pena.

Ah, anunciei no começo deste post que fui com minhas filhas, hábito que cultivo desde que elas são pequenas, e que por isso já viram muita coisa, inclusive o Kirov. Pra dizer que, infelizmente, o drama dos cisnes já  não arrebata mais a juventude lá de casa.Tomara que não tenha acontecido o mesmo na sua.

Liguei na Dellart e ainda tem entradas para todos os espetáculos da temporada carioca: 21-3235-8545

Grande noticia: O Ballet Kiev se apresentará, gratuitamente, no dia 7 de setembro, quarta feira, gratuitamente, na Quinta da Boa Vista, dançando o segundo ato do “Lago dos Cisnes”. Pra quem brilhar? Ele, sempre ele!
BN

Clique aqui pra entrar no clima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *